domingo, 27 de janeiro de 2008

[Filmes] - 12 Horas até o Amanhecer

Aproveitando pra divulgar um dos meus poucos videos do YouTube, comentário sobre esse filme interessante com Brendam Fraser, rodado em São Paulo.




Realmente, pra quem espera por uma obra de arte, vai se decepcionar muito. Mas acho que com os mínimos neurônios em funcionamento, somente por assistir o trailer ou ler sobre saberá o que o filme quiz passar.

O filme é totalmente Underground, conta a história de pai e filho americanos, donos de um bordel em São Paulo, já que não podem voltar para os EUA. Eles "herdam" uma maleta cheia de cocaína e tentam fazer dinheiro com ela para melhorar de vida. Mas o seu "laranja" morre e eles tem que encontrar outro africano que possa negociar na língua dos compradores da droga. O filme é basicamente isso, nada excepcional. Porém tem uma história envolvente, mas bem suja.

Sobre São Paulo, o que dá pra falar é que as cenas do início, em que aparecem as legendas "São Paulo - Brazil" são muito boas, excelentes, São Paulo sob um olhar de amanhecer azulado, mostrando toda a região central, no video acima. O filme em si se passa na Cracolândia, até para manter o clima de underground. Mas outras áreas da cidade podem ser percebidas, como o Vale do Anhangabau, a Liberdade e até o Porto de Santos, onde a droga seria entregue. Até cometem uma pequena gafe ao mostrar alguns mendigos se "aquecendo" no porto em um latão de óleo pegando fogo. Imagino o "frio" que estaria em Santos em pleno mês de dezembro, mas enfim, hehe.

No making of é interessante ver as opiniões sobre São Paulo. Como já foi dito, eles comparam a cidade como sendo uma mistura de Mexico City com New York. Falam sobre o clima paulistano, que amanhecia com seu friozinho e chuva. Brendam Fraser chega a brincar, falando que conversava com os outros atores e falava "vejam, aquele pontinho ali é o Sol". Acho que pegaram uma época de bastante chuva, provavelmente o verão, mas estranho dizerem que sentiam frio(?!?); As cenas finais no Minhocão também são muito legais.

O filme não vai fazer um sucesso estrondoso, longe disso. Mas é interessante pra São Paulo que entre na rota de cidades conhecidas do resto do mundo em geral. Já li que Nova York chega a bancar toda a limpeza das ruas da cidade somente com o dinheiro arrecadado com as cenas de filmes gravados na cidade (e olha que é bem caro limpar uma cidade que neva). É evidente que São Paulo não chegará a ter tamanha arrecadação, porém é interessante para a cidade esse tipo de divulgação (por mais que o filme retrate o sub-mundo), pois atrai mais turistas, investimentos estrangeiros, etc. Nova York na década de 1980 era super poluída e criminalizada, porém, conseguia muita fama com filmes. Só se "concertou" com a campanha "I Love NY", que incentivava turismo, propagandas, campanhas publicitárias que divulgassem a cidade. São Paulo poderia partir para um projeto semelhante, e divulgar a imagem através de filmes é um meio muito interessante. Dessa vez foi um filme sobre as coisas ruins, mas derepente, podem "pipocar" filmes que mostrem o lado bom da cidade, como o próprio diretor disse, algo que seria realmente interessante. Principalmente filmes com a visão que o estrangeiro tem da cidade.

Informações sobre o filme:

Adoro Cinema: http://adorocinema.cidadeinternet.com.br/filmes/12-horas-ate-o-amanhecer/12-horas-ate-o-amanhecer.asp

Internet Movie Database: http://www.imdb.com/title/tt0454879/

Nenhum comentário: